domingo, 10 de janeiro de 2016

SÓ PODIA SER COMIGO

Lembram do ano de 2014 que fiquei sem turma na escola Estadual Hilda Köetz? Sem turma na Nomeação e convocação? Tendo professores na minha área de Ciências e Matemática contratados?
Este ano 2016, no dia 08 de janeiro recebi uma ligação da Diretora da escola dizendo que eu teria que revogar a convocação.  Com a nomeação não trabalho mais nessa escola. Trabalho na Escola Estadual Augusto Steinhauzen na localidade de Linha Bonita - Município de Toropi. Com a convocação com muita luta consegui trabalhar no Programa Mais Educação, que recebi a notícia por telefone da Diretora da escola que não teria mais. Perguntou se eu aceitava apenas 10 horas, mas teria que revogar essa convocação.
Sei que se eu revogar a convocação vai atrapalhar a minha vida funcional. Então, telefonei para a diretora que estava na coordenadoria 8 ª CRE em Santa Maria após 10 minutos da ligação que ela fez para mim. E disse que queria as 20 horas. Foi então, que eu falei de colegas que tem contrato, falei então com pessoa que trabalha na CRE. Ela falou que a diretora tinha comentado que essa pessoa que tem contrato, só trabalha de manhã, horário que eu estou na outra escola. Na realidade essa professora trabalha a noite e estava falando em desistir, já que vem de outra cidade. Então, ainda não sei como fica ou melhor fico na espera......

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

2016

 
Quando era adolescente imaginava que nunca iria chegar o ano 2000. Estamos agora no ano 2016. Olho para trás e vejo que tudo passou muito rápido, e a cada ano, passa com uma rapidez inexplicável. É um pouco assustador. Parece que os dias estão tornando-se menores....será? Ou a correria do dia a dia, tanta informação virtual e presencial, sem comunicação com seres humanos, sem o toque, palavras no ouvido, tomar café da manhã juntos, almoçar e jantar conversando. A noite sentar e conversar assuntos interessantes, brincar com as crianças sorrindo oportunizando confiança. Dar atenção a cada gesto e palavra de quem está a nossa volta.

Sei que não é fácil, com tanta tecnologia, eu mesmo aqui digitando, poderia estar falando para as pessoas, trocando informações e experiências sobre o assunto. Mas, têm alguém no celular, com o fone no ouvido, assistindo TV. Ninguém fala, porque atrapalha o outro na sua concentração.

Esta é a vida de hoje. Mas podemos mudar pelo menos um pouquinho. Temos que parar e pensar: - que seres humanos, estamos construindo. Robôs? Ou crianças com o cérebro voltado a tecnologia, sem exercitar a sua memória, seu pensamento, refletir, dialogar com o outro, saber se comportar frente às situações que o mundo oferece.
Vamos refletir sobre isto?

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Acontecimentos do ano 2015


O ano 2015 começou normal. Trabalhando na escola Hilda Köetz com 7º e 8º ano ciências e no Programa Mais Educação. Desafio que tivemos que enfrentar, alunos dos anos iniciais todo dia na escola. Ao meio dia após o almoço, escovação dos dentes, eu e a professora Sônia Essy ficávamos em uma sala com os alunos até às 13 horas. As atividades neste período eram diversificadas: Jogos de memória, vídeo infantis, músicas para dormir, contavam como estavam às oficinas do Programa Mais Educação com as Monitoras (pontos positivos e negativos).

Este momento a fala dos educandos sobre as oficinas ministrados com as Monitoras, foi importante para analisarmos as suas habilidades. Muitos alunos se destacam na dança, no esporte, teatro, artes, escrita, leitura, cálculos. A maioria fazia os temas neste horário. Mas, o que chamou atenção foi quanto o almoço, a maioria comentou, que era muito gostoso.

Tivemos grandes desafios, alunos que devido a sua estrutura familiar, não respeitavam as normas da escola. Fomos à busca de soluções, e graças a DEUS, muitas foram solucionadas.  Nesta investigação um aluno que não aprendia, não ficava quieto, brigava com os colegas, não respeitava as professoras constatou-se que tem problemas de visão (glaucoma), o qual foi levado o conhecimento para a família, que não deu retorno. Então, entramos em contato com o Conselho Tutelar, que agendaram consulta e está sendo tratado. O seu comportamento está mudando.
Em abril de 2015 fui trabalhar em outra escola do interior 20 horas Escola Augusto Steinhauzen em Linha bonita, Município de Toropi. As outras 20 horas trabalho na escola Hilda Köetz com o Programa Mais educação sendo uma das coordenadoras.   
A realidade entre as duas escolas são um pouco diferente. Os pais da escola de campo são mais participativos, os alunos se interessam nos estudos, portanto, a educação é outra.

Mas, tanto na escola Hilda Köetz quanto a Escola Augusto Steinhauzen os alunos são educados, e, eu me realizei, gosto, sinto carinho por todos.

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Trabalho Expressões Algébricas



https://pt.slideshare.net/hld13/trabalho-curso-expressoalgbrica" title="Trabalho curso expressão_algébrica" target="_blank">Trabalho curso expressão_algébrica
from http://www.slideshare.net/hld13" target="_blank">hld13

quarta-feira, 5 de março de 2014

DASABAFO

 
Sou professora nomeada 20 horas, e 20 convocação. Tem 2 professores contratados na minha escola, na minha área (Ciências e Matemática). Eu trabalhava na área de Informática e Matemática na EJA 20 horas com a nomeação. Manhã e tarde trabalhava na convocação no Projeto Rádio Escola.
No início do ano fiquei sabendo que não teria mais Informática, então fiquei sem turma na nomeação porque a noite na área de ciências e Matemática, que são as minhas áreas tem a filha da Diretora com 20 horas  CONTRATADA em Matemática, e uma CONVOCAÇÃO para outro professor de ciências.
Resultado: Fiquei sem turma. Eu nomeada sem turma. Isto pode? É triste, estou me sentindo uma profiossional acabada. Não falto ao serviço, mesmo doente vou trabalhar. Mas:
 
 

 
E outra notícia:

Hoje dia 05 de março de 2014, estou me perguntando. O que fiz de tão errado nessa vida?
O tempo vai dizer, por que eu não sei. Quando as convocações são por tempo DETERMINADO me oferecem, quando passa a ser por tempo INDETERMINADO é tirado bruscamente. Por que será? Sei que não vou levar junto quando morrer, mas ainda não morri, vivo no mundo terrestre, onde precisamos de dinheiro para sobreviver. Ainda mais como professora, que pouco ganhamos. É lamentável, mas tudo bem. DEUS é maior e sabe o que faz. O tempo passa e vamos ver o que vai dar.
A convocação do Projeto Rádio Escola foi "dada" para outro professor.

________________________________________________________


Hoje 06/03/2014 A história continua ainda não sei o meu destino de trabalho. Uma colega chorou por que eu poderia ficar no lugar dela, uma vez que eu sou nomeada e ela é contratada. No final ficou tudo bem, ela se recuperou do susto e ficou com suas aulas. E, eu? A história continua....
____________________________________________


Hoje 07/03/2014, recebi a notícia que vou trabalhar com MATEMÁTICA nas séries 7ª e 8ª. Solicitei a CONVOCAÇÃO que tinha. A resposta foi que vai tentar outra, porque a que eu tinha já foi protocolado para outro professor.  Fico na espera.....mas não faço política.
_______________________________________________________


Dia 08/03/2014 - Na espera da convocação. Muitas pessoas fazem palestras e dizem: - Se colocam no lugar do outro antes de agir. As mesmas pessoas saem da palestra e fazem o contrário. Que ser humano é este?










______________________________________________

 


09/03/2014 - Domingo - dia de refletir: Então comecei refletindo sobre os primeiros dias de aulas. O que será que mudou? A Educação uma das resposta. Sabes por quê? Não podemos mais reprovar alunos, temos que fazer tantas avaliações possíveis para aprova-los, ordem do governo. Muitos alunos ainda não se encontram no seu tempo de aprendizagem, a escola prova por A mais B que o aluno não tem como seguir na série seguinte, nesses casos reprova. Surge então os projetos: Acelera e Se Liga, em vez de ter projetos   para socializar esses alunos, mostrar que tem um outro mundo diferente que eles vivem -  sem droga, sem miséria. Oportunizar aos pais e alunos trabalhos com ganhos suficientes para o seu sustento....... Mas para o governo é melhor dar bolsas para essas famílias, pois para eles a pobreza é fundamental. É o Brasil.
 
 
A Luta Continua
 
Como já coloquei estou trabalhando com a 7ª e 8ª série matemática. Estou gostando, a maioria dos alunos são ótimos, participativos.
 
Também trabalho com os anos iniciais do 1º ano ao 5ª ano dois dias por semana. O trabalho são jogos didáticos. Os alunos estão aumentando o conhecimento, inclusive aprendendo ler.
 
Um trabalho que não estou sentindo segurança. Já que não é na minha área - reforço dos anos 2º e 3º - mais destinado a alfabetização. Sou professora de Matemática, ciência e especialização em Informática. Não estou tendo um resultado positivo. Já pensei em me exonerar, mas preciso desse dinheiro ou passo fome, não pago Luz, água e outros.
 
Porque estou falando isto: acredito que posso atuar nas áreas que os alunos vão ter produtividade, mas as minhas solicitações não estão sendo alcançadas.
 
 
 
 

 

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Projeto






TRABALHO DOS ALUNOS DA 8ª SÉRIE